sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Treino de 6ª

Este treino fez sobressair alguns aspectos positivos. Primeiro, a enorme vontade da rapaziada em praticar, fazendo o treino prolongar-se muito para além do que o previsto. Perante a perspectiva de acabar o treino, gritou-se como quem se queixa depois de terminar um saboroso Sundae no Macdonald's: Só mais um bocadinho, vá lá! Bom sinal. E é bom sinal, porque existe muito trabalho pela frente, atendendo à lamentável média de manchetes dirigidas para o local do passe de ataque, depois de bolas do tipo cócórócócó. Eu sei que a malta gosta do remate, que até revelam jeito para a coisa, mas sem recepção e sem bons passes dificilmente se brilhará com espampanantes remates. Por isso, muita manchete e passe vos espera no treino...
O jogo foi animado, já com momentos de voleibol a sério e outros de voleibol, como direi...?...assim a puxar para a... chouriçada. A reter fica a importância do 3º toque como forma de dar ofensividade ao ataque; a necessidade do atacante inibir a sua impaciência de subir na rede; a comunicação e a definição audível (dizer alto "Minha" ou "Tua") de quem é aquela bola; a importância de uma posição de espera activa (posição base fundamental) e desconfortável como forma de facilitar o deslocamento. Eu sei que os mais afoitos e criativos, gostam de inventar novas posições de espera (esta não é para o Diogo...), mas aquela da mão na anca ou a coçar o couro cabeludo ...não resulta, a não ser que queiram apanhar com bolas pela testa...
Fica também a palavra para a equipa que, depois de ter perdido um set, se preparava para desistir do 2º mas se agarrou à hipótese de o poder ganhar, mesmo com uma desvantagem de 5 pontos. Conseguiu dar a volta. A lição que fica é a de que "O set só termina quando a equipa adversária chega aos 25 com 2 de diferença; até aí, quem vai ganhar o set ...somos nós!!!"
A boa onda também se respira na equipa, a avaliar pelo apoio dado a quem erra. O apoio no erro, fará com que quem errou falhe menos e a equipa ganhe mais; é uma atitude solidária e inteligente bater na mão de dizer "vamos! a seguir será melhor!"
Ultima referência para a qualidade dos atchins produzidos após as boas jogadas...só é pena a tal da gripe A, mas de agora em diante teremos de adoptar medidas profilácticas e fazer o grito com a mão a tapar o perdigoto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário